240-F-156036783-aMHTSJak4gxoLDNxlzBVwwtQN2TQnigD

Dor no dente e Fibromialgia

SOBRE ODONTOLOGIA, BRUXISMO E FIBROMIALGIA

Como surgiram muitas dúvidas ontem, decidi fazer um post. Quero deixar claro que sou dentista e que a odontologia se baseia em evidências e não em achismos. Somente podemos afirmar qualquer coisa baseada em artigos científicos sérios, com anos de estudos e embasamento.

Para começar, seu dentista irá fazer uma consulta realizando anamnese, que inclui o histórico médico e familiar do paciente, exame clínico e solicitar exame radiográfico. Somente com todos esses itens em mãos podemos realizar um plano de tratamento seguro.

Sabe-se que perto de 100% dos pacientes tiveram, tem ou terão bruxismo em algum momento da vida. É relativamente comum em crianças, e dificilmente requer tratamento nessa fase.

Mesmo em adultos saudáveis, existe muitos que apresentam bruxismo. Ele pode ocorrer eventualmente ou ser diário. É necessário procurar um dentista para saber se seu caso requer tratamento, seja ele uma placa de bruxismo (uma placa de acrílico, rígida) ou fazer uso de aparelho ortodôntico. Cada caso é um caso.

Mesmo eu, dentista, não posso fazer qualquer diagnóstico sem todos os itens acima citados. Exame clínico é fundamental. Também não é ético pacientes passarem tratamentos ou dar diagnósticos, já que se configura exercício ilegal da profissão e é crime. O bruxismo é uma doença multifatorial, isto é, são várias causas. A principal delas é a má oclusão dentária, que são dentes tortos ou desencaixados e necessita ser tratado com aparelho. Perdas dentárias precisam ser repostas com próteses. Estresse, ansiedade, hábitos para-funcionais (roer unhas, morder tampa de caneta, mascar chiclete) pioram muito o bruxismo, já que os hábitos noturnos são cópias do hábitos diurnos. Ele é um apertamento, com ou sem ranger de dentes, e isso é identificado pelos desgastes ou trincas dos dentes.

O bruxismo pode causar amolecimento dentário? Até pode, mas precisamos ter em mente que dificilmente isso ocorre e que é necessário descartar doença periodontal, principal causa de amolecimento dentário.

Tricas, fraturas e dor dentária/facial podem ser do bruxismo. Qualquer pessoa pode apresentar essa “doença”. Em pacientes Fibromiálgicos, o índice de pacientes afetados com bruxismo é o mesmo que na população em geral. O que pode ocorrer é que, como somos mais sensíveis a dor, podemos sofrer mais com as crises. Também devemos lembrar da tendência dos portadores de FM sofrerem com contraturas musculares, o que pode tornar as crises de bruxismo mais fortes.

Usei o termo doença entre parênteses no parágrafo anterior porque bruxismo não é a causa, mas sim a consequência de algum problema. O tratamento dele é paliativo, e devemos descobrir a causa para tratá-la e aí sim, obter controle.

Meu intuito no grupo é ajudar, já que a odontologia ainda é de difícil acesso para muitos no Brasil. Infelizmente estamos atrasados em termos médicos e odontológicos quanto a FM. No que depender de mim, estou no grupo para ajudar no que puder orientando, que é o que posso fazer a distância.

https://abrafibro.blogspot.com/2018/03/sobre-odontologia-bruxismo-e.html

  • Compartilhar:

Posts relacionados

Glossário virtual em Libras criado na UFCG ajuda estudantes surdos de odontologia

Iniciativa visa promover a inclusão e disponibiliza 15 termos técnicos em Língua Brasileira de Sinais.

Por G1 PB

20/06/2018 12h49  Atualizado 20/06/2018 12h50

Continuar lendo

Dentista de Brusque é credenciado para fazer retirada de células-tronco de dentes de leite

Continuar lendo